O que é a Psoríase? 7 informações importantes!

A psoríase é uma doença dermatológica (que acomete a pele), causada por inflamação e caracterizada pela sua cronicidade. Nela, há uma descamação de placas de pele, e também lesões avermelhadas em diversas regiões.

A seguir, saiba mais sobre a doença!

  1. Sua causa é principalmente genética

Uma doença ser genética, significa que ela é passada de pais para filhos. E isso ocorre porque determinados genes (estruturas do DNA que “guardam” informações) estão alterados e manifestam-se pelo erro do que seria normal.

No caso da psoríase, acredita-se que diversos genes estão envolvidos, sendo 30% dos casos devido à estes erros genéticos.

  1. Sua etiologia também pode ser ambiental

Além da causa genética, a psoríase também pode ser causada por outros fatores, principalmente ambientais. A exposição ao frio pode ser uma das causadoras do quadro, e sendo assim, é totalmente evitável!

Fatores estressantes também poderão propiciar o aparecimento das lesões de pele, sendo assim, ela estará ligada ao estilo de vida e excesso  preocupações do indivíduo, que podem levar ao estresse crônico.

  1. Ela não é transmissível

Pelo aspecto da lesão, muitas pessoas são levadas a crer que ela é transmissível por contato, e acabam por se afastar do paciente.

Porém, este é um erro, visto que a doença não é contagiosa, e suas causas serão principalmente genéticas, como já foi visto antes.

  1. A psoríase pode aparecer em diversas partes do corpo

A doença não se delimita a apenas uma região, e assim, pode aparecer em diversas partes do corpo, destacando-se:

  • Cotovelos;
  • Unhas;
  • Região genital;
  • Mãos;
  • Pés;
  • Joelhos;
  • Couro cabeludo;

Sendo assim, ela costuma provocar incômodos e afeta a auto estima do paciente, sendo essencial uma intervenção e tratamento.

  1. As lesões são recorrentes

A psoríase pode aparecer só uma vez, como também estar sempre retornando em sua vida.

Sendo assim, não existirá uma cura definitiva para a doença, apenas tratamentos que irão eliminá-la temporariamente.

  1. O diagnóstico será feito pelo dermatologista

O reconhecimento da psoríase deverá ser feito por um médico, que nestes casos, é o dermatologista. Este, é especialista em pele, e saberá diferenciá-la de outras lesões parecidas.

Também será ele o responsável por aconselhar um possível tratamento.

  1. É possível tratá-la

Como já lhe dissemos anteriormente, não haverá uma cura para a psoríase, apenas tratamentos que visam eliminá-la temporariamente.

A terapia costuma ser feita com medicamentos, tanto de via oral, como também por pomadas. Além disso, o médico poderá recomendar hidratação da pele e “banhos de sol” diários.

Existem também, formas de prevenção, que evitam que as lesões retornem:

  • Evitar o estresse;
  • Fugir das variações climáticas, estando sempre vestido adequadamente (principalmente em dias frios);
  • Evitar os abusos de álcool;
  • Não fumar;

Entre outras recomendações que serão dadas pelo seu dermatologista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This